Dos meus dias

Viver consiste em construir recordações futuras. (Ernesto Sábato)

dias não

Deixe um comentário

Sinto-me totalmente à deriva.

O tempo é implacável e a produtividade praticamente nula.

Acredito muito pouco no interesse do trabalho que tenho para fazer (isto para não dizer no trabalho propriamente dito).

Detesto quando os dias são curtos e escurece a meio da tarde.

Apetece-me mandar tudo às ortigas, mudar de rumo e começar de novo.

E na próxima encarnação quero ser burrinha, burrinha, para não pensar tanto.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s