Dos meus dias

Viver consiste em construir recordações futuras. (Ernesto Sábato)


1 Comentário

sons que me embalam #24

Anúncios


Deixe um comentário

no meio do caminho

No meio do caminho tinha uma pedra

tinha uma pedra no meio do caminho

tinha uma pedra

no meio do caminho tinha uma pedra.

Nunca me esquecerei desse acontecimento

na vida de minhas retinas tão fatigadas.

Nunca me esquecerei que no meio do caminho

tinha uma pedra

tinha uma pedra no meio do caminho

no meio do caminho tinha uma pedra.

Carlos Drummond de Andrade


Deixe um comentário

dias não

Sinto-me totalmente à deriva.

O tempo é implacável e a produtividade praticamente nula.

Acredito muito pouco no interesse do trabalho que tenho para fazer (isto para não dizer no trabalho propriamente dito).

Detesto quando os dias são curtos e escurece a meio da tarde.

Apetece-me mandar tudo às ortigas, mudar de rumo e começar de novo.

E na próxima encarnação quero ser burrinha, burrinha, para não pensar tanto.


Deixe um comentário

quem o diz são os astros

Poderá estar a sentir neste momento alguma saturação a nível físico, acompanhada de uma necessidade de mudar os seus hábitos e viver novas experiências. Se é esse o seu caso, poderá empreender uma viagem a um país distante sem fazer planos muito rígidos, deixando ao destino e aos imprevistos a possibilidade de lhe dar aquilo que no fundo deseja, aventura. Mas não precisa de se isolar e fugir; pode, e deve, ter a companhia dos amigos ou das pessoas que lhe são queridas. (daqui)

Mas que me apetece mandar tudo à fava lá isso é verdade.