Dos meus dias

Viver consiste em construir recordações futuras. (Ernesto Sábato)

mais uns cromos para a caderneta

3 comentários

A menos de 48 horas da entrega (e apresentação) de um trabalho para uma cadeira, uma aluna envia-me um mail a pedir que lhe indique os “temas” que tem de tratar. Note-se que os colegas, que começaram em Novembro, tiveram de fazer pesquisas e apresentar propostas relativamente ao que iriam fazer. A mocinha em causa, que não vem às aulas porque trabalha, ainda na semana passada se cruzou comigo e nada disse.

Uma outra criatura, que não é meu aluno, mas se fosse também não mudaria nada, insiste em perguntar se a classificação final de 9 valores que obteve numa dada cadeira significa, ou não, aprovação na mesma. É que, na sua “humilde” opinião, 9 é positivo.

E pronto… creio que não há mais nada que se possa acrescentar.

Anúncios

3 thoughts on “mais uns cromos para a caderneta

  1. Conseguem ser piores do que eu… eu que achava isso impossível!!!!!! Obrigada por me fazeres ver que não sou um caso perdido :P

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s