Dos meus dias

Viver consiste em construir recordações futuras. (Ernesto Sábato)

escrever a metro

Deixe um comentário

Não sendo uma escritora eloquente, nem dada a grandes recursos estilísticos, isto de ser obrigada a produzir textos com um mínimo de palavras é uma tarefa muito penosa. É verdade que escrever ciência não é o mesmo que literatura (embora haja quem o faça brilhantemente), mas vejo agora a falta que me fazem as composições de não sei quantas linhas/páginas que me obrigavam a fazer na escola e às quais fugi sempre que pude. A inspiração é importante, mas, nesta coisa da obrigação, o treino também dá muito jeito.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s