Dos meus dias

Viver consiste em construir recordações futuras. (Ernesto Sábato)

o tempo que passou*

Deixe um comentário

Não dei conta do passar do tempo, nem tive dificuldades de adaptação, mas faz-me falta o Mondego, as esplanadas nas suas margens e os jardins onde trabalhava quando o tempo começava a ficar mais ensolarado. Falta-me o sobe e desce das ruas da cidade, as paisagens familiares e os rostos conhecidos que encontramos a cada esquina. Não me foi difícil habituar aqui, mas de vez em quando regresso para matar saudades. O tempo passou depressa e hoje já faz um ano que mudei de cidade.

* O tempo que passa não passa depressa. O que passa depressa é o tempo que passou. (Vergílio Ferreira, in “Escrever”)
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s