Dos meus dias

Viver consiste em construir recordações futuras. (Ernesto Sábato)

é preciso (não) ter sorte…

Deixe um comentário

Uma pessoa vive longe da família e chega a hora de vir de férias. Entra em contagem decrescente, começa a fazer as malas e sonha com os mimos dos que lhe são mais queridos, acompanhados de uns belos petiscos daqueles coisas que só há cá na terra. Entretanto, nas paragens por onde anda, as coisas começam a complicar-se e o regresso é antecipado um dia face ao inicialmente previsto. No meio da confusão lá chega ao aeroporto e na hora de embarcar o que é que acontece? Encerram o espaço aéreo por tempo indeterminado!

O R. está em Tripoli à espera de o deixarem vir para casa e a minha “mana” A. está aqui a roer-se toda. E se bem a conheço a esta hora já deve ter perdido uma meia dúzia de kg com os nervos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s