Dos meus dias

Viver consiste em construir recordações futuras. (Ernesto Sábato)

fu-ri-o-sa

Deixe um comentário

Uma pessoa faz o seu melhor – o pino, flic-flacs à frente e à retaguarda, mortais estendidos e outros mil malabarismos para agradar-, dedica horas e horas para além do que lhe é exigido a tentar motivar alguém para aprender algo (e que essa aprendizagem realmente ocorra), para depois uns parvalhões de uns putos, caprichosos e a raiar o mal educado, dizerem que não estamos disponível quando eles querem! (?!?!) Haja pachorra! O pior é que a conversa deles, que ninguém investiga até às últimas consequências, é tão tida em consideração que se fica imediatamente com o rótulo de indisponível e outros bem piores.

Desta vez não foi comigo, mas estou na mesma furiosa. É profundamente injusto e está a tornar-se recorrente à minha volta. Estamos a alimentar um monstrinho, mas os responsáveis não querem ver.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s