Dos meus dias

Viver consiste em construir recordações futuras. (Ernesto Sábato)


Deixe um comentário

finalmente

iniciei a minha época balnear. Não me lembro de tal acontecer tão tarde, o que tendo em conta que agora moro apenas a 10 km da praia não deixa de ser caricato (antes eram quase 40). Isso, e o ter sido necessário fazer mais de 250 km para pisar a areia porque em casa nunca há tempo.

Mas valeu a espera. Uma praia que não conhecia e um mar espectacular. Para voltar, qualquer dia.


Deixe um comentário

em modo off

Estou lentamente a sentir que entrei em férias. No papel foi há 4 dias, mas a urgência em resolver umas tarefas obrigou que fosse trabalhar desalmadamente até horas pouco próprias.

E como os últimos dias foram de uma correria doida, com uma média de 4 ou 5 horas de sono por noite, hoje só me apeteceu ficar sem fazer nada. Nada de televisão, música, leitura ou computador. E estou de tal modo desligada que não faço ideia do que vou fazer nas férias. Neste momento apenas consigo antecipar os meus dias até ao fim-de-semana e depois a partir do dia 30 de Agosto. Não me lembro de alguma vez tal ter acontecido. Logo eu que gosto de tudo planeado com a devida antecedência.